Antonia Burke e a in(felicidade) escolar

Questões que não fecham despertadas por uma entrevista

Por Arnaldo V. Carvalho*

Uma entrevista para a revista Veja, focada nas dificuldades emocionais dos alunos exacerbada pela pandemia, de certo modo apresenta a visão do Programa Raízes e de sua idealizadora, Antonia Burke, na direção do problema e do que o programa tem feito para ajudar.

O título me fisgou à leitura, pois menciona uma fala de Burke, em que afirma: “há muita criança infeliz na escola”. É verdade. O grave é que não é de agora, e se de fato, programas para ajudar as alunas e alunos a “se virarem” emocionalmente são fundamentais, é preciso discutir o que forma essa instabilidade ou mesmo “inabilidade” emocional. Isso inclui a realidade da criança além da escola (incluindo várias questões relacionadas ao ambiente de criação e experiências vividas pelo estudante fora da escola), a superlotação das instituições de ensino (para além da alta quantidade de alunos por turma), a homogeneização do conhecimento, dentre muitos outros fatores. O principal deles, no entanto, está em uma camada ainda mais profunda, e se relaciona com a qualidade do contato (sob uma visão de Wilhelm Reich) e/ou vínculo (pela concepção de Michel Odent e da Saúde Primal).

Adoraria poder conversar com vocês sobre essa problemática em um nível mais profundo, pois sinto que a criação de recursos, métodos e programas que buscam adaptar estudantes à realidade não devem substituir a escuta do que realmente está acontecendo, e de como podemos transformar essas realidades desde o começo. Vamos combinar? (Arnaldo)


* Prof. Arnaldo V. Carvalho é doutorando em educação (UFRJ).


Conheça mais sobre o trabalho de Antonia Burke e seus projetos educacionais:

https://www.facebook.com/programaraizeseducacao/videos/1014139822604280/

https://www.linkedin.com/in/ant%C3%B4nia-burke-070981a5/

Publicidade

Sobre Arnaldo

Arnaldo, pai, terapeuta, escritor, educador, ser humano. Visite meu site e saiba mais sobre mim!
Esse post foi publicado em Artigos, ensaios e reflexões e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s